Na tarde da quinta-feira, dia 09/04, a VENTIUR realizou uma War Room focada na gestão de Burn Rate e Cash Burn para as startups do portfólio. O evento contou com a participação e parceria dos mentores Rodrigo Schneider, Nei De Lellis e Elemar Heck

A conversa gerou um bom debate entre os participantes, e algumas das sugestões geradas para que as startups superem esse tempo de crise seguem abaixo:

1. Contactar clientes para negociar os pagamentos

Ceder descontos é melhor do que ter cancelamentos. Muitas empresas estão planejando cancelar serviços não essenciais. Seja pró ativo e garanta que seus clientes não cancelem com a sua startup.

2. Identificar ações que mantenham vínculo com os clientes.

Criar vínculo emocional é importante também. Esteja à disposição e oriente os clientes sobre possibilidades que eles podem usar nos seus negócios para se manterem saudáveis durante a crise.

3. Custos de suspensão: Por que não deve suspender?

Muitos clientes podem pensar em cancelar seus serviços e reativar assim que as coisas melhorarem. Tenha um protocolo para informar os custos operacionais, financeiros e de dados que o cliente eventualmente pode perder por efetuar o cancelamento. Um downgrade de produto nesse contexto ainda é a melhor opção.

4. Identificar custos que podem ser cortados ou diminuídos.

Faça uma lista com todos os custos e despesas e faça uma análise do que pode ser cortado ou diminuído. Isso vale principalmente para estrutura, despesas variáveis, marketing e, em últimos casos, pessoal.

5. Deixem que eles digam não

Proposta não é ofensa. Entre em contato com os fornecedores e faça propostas negociando prazos e valores. Não seja tímido. É a saúde financeira da sua empresa que está em jogo.

6. Aproveitar as medidas governamentais.

O governo está disponibilizando uma série de benefícios para flexibilizar o relacionamento entre empresa e funcionários. Mais informações podem ser obtidas no site: https://www.treasy.com.br/blog/medidas-do-governo-federal-no-covid-19/

7. Observar empréstimos de capital de giro.

O BNDES está lançando uma linha de crédito que servirá para capital de giro, com condições especiais focadas em folha de pagamento. Mais informações podem ser obtidas no link: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2020-04/bndes-disponibiliza-credito-para-folha-de-pagamentos

8. Para o futuro, incluir nos objetivos um colchão de caixa para crises que podem ocorrer com maior frequência.

Por mais que uma startup costuma operar com fluxo de caixa negativo, agora é uma hora de frear os custos, testar pelo menos uma nova fonte de receita e, quanto for possível, fazer o caixa durar o máximo de tempo possível.

A próxima War room será sobre vendas no dia 23/04 às 17h com o mentor Luis Vilela.

#GoHard