Procuramos sua startup para investir!

 

Você não leu errado, a Ventiur está em busca de startups para investir e para logo! O processo já começou e é bastante simples. Mas antes de submeter a aplicação para investimento, existem alguns critérios fundamentais que precisam ser levados em conta:

 

  • A startup precisa estar MONETIZANDO
  • Ter um tech founder
  • Ter, no mínimo, 2/3 da equipe dedicada full time ao negócio
  • Ter disponibilidade para fazer um pitch já no dia 13/05
  • Fazer sua aplicação no fundacity o quanto antes

 

Esse processo é rápido e, como as empresas que a aceleradora procura nessa ocasião são mais maduras, não precisam ter feito o processo de pré-aceleração, o Warmup. Em breve serão abertas as inscrições para o Warmup,as startups em nível de ideia ou que não estão monetizando poderão integrar o programa e ter a oportunidade de receber um aporte ao final.

card busca startups

 

IMPORTANTE:

As inscrições, dentro da plataforma, ficarão abertas até dia 29/05. Durante o processo de inscrição haverão triagens para chamada de pitchs aos investidores. A primeira triagem ocorre no dia 10/05 e, as startups inscritas e com destaque, já terão a oportunidade de fazer o pitch no dia 13/05. As demais datas de pitch serão informadas as empresas inscritas ao longo do período de aplicações.

As startups interessadas em receber investimento e que contenham os critérios base devem fazer suas inscrições por aqui. Caso você esteja com dúvidas se seu negócio encaixa no quadro, entre em contato.

 

MMKT procura startups

Investir com sucesso em startups? A StartSe e a Ventiur te ajudam!

A Startse promoveu, na última quarta-feira, um evento online gratuito para clarear as dúvidas de quem deseja investir em startups. O evento trouxe nomes como Marco Poli, um dos líderes mais ativos da Anjos do Brasil, Pedro Englert e Eduardo Glitz, da StartSe. O diretor executivo da Ventiur, Sandro Cortezia, fez parte desta conversa e contribuiu para elucidar tópicos relevantes para quem deseja ter sucesso investindo em startups.

 

investimentocomsucess

 

“No Brasil tem se investido pouco em inovação […], startups são pura inovação e […] faz parte da inovação correr riscos. Em compensação o retorno, o resultado, quando acontece, é proporcional ao risco que se corre”, enfatiza Cortezia no bate-papo.

Investimento, parâmetros para ser investido e cases de sucesso. Os assuntos destacados na conversa são para investidores e para startups.

 

VOCÊ É INVESTIDOR OU GOSTARIA DE INVESTIR EM STARTUPS? MARQUE UM CAFÉ CONOSCO!

 

https://youtu.be/C-fFi2Nn2ig

 

 

Google cria centro de promoção de startups

Fonte: Valor Econômico

O Google inaugurará, depois do Carnaval, o seu espaço de promoção de startups no Brasil. Batizada de Campus, a estrutura consiste de um prédio de sete andares há dois quarteirões da Avenida Paulista, onde empreendedores poderão instalar suas empresas, trocar experiências e conversar com possíveis parceiros e investidores.

Esse é o segundo centro do tipo em São Paulo. Em setembro do ano passado, o banco Itaú abriu na cidade um prédio de cinco andares batizado Cubo, onde estão instaladas 50 empresas, como a consultoria Accenture.

O modelo de escritórios colaborativos para startups é comum no Vale do Silício e é considerado uma ferramenta importante no amadurecimento do ambiente de negócios. A ideia é que um ponto de encontro ajude na criação de novas empresas. Um dos casos de sucesso é o aplicativo israelense Waze. Depois de frequentar o Campus e inciativas semelhantes da Microsoft e do Facebook, a companhia foi comprada pelo Google em 2013 por cerca de US$ 1 bilhão.

O comando do Campus no Brasil ficará a cargo do mineiro André Barrence, que até o ano passado estava à frente do Seed, uma iniciativa do governo de Minas para incentivar startups. “Em um momento econômico como o atual, o empreendedorismo virou uma opção. E o que queremos é fomentar iniciativas com alcance global, que gerem empregos de alta qualificação”, disse.

LEIA TAMBÉM ESTES ASSUNTOS RELACIONADOS:

SANCIONADO MARCO LEGALDA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

22 STARTUPS FORAM SELECIONADAS PARA PROGRAMA DE PRÉ-ACELERAÇÃO

O Brasil é o sexto país a receber uma unidade do Campus. A inciativa foi criada em Londres, em 2012 e, de lá pra cá, desembarcou em Tel-Aviv, Madri, Seoul e Varsóvia. Segundo Bridgette Beam, responsável pelas operações do Campus, no ano passado, as empresas que passaram pelo programa criaram cinco mil empregos.

Ela conta que o alvo do Campus são empresas em estágio inicial de desenvolvimento. “Normalmente, elas chegam com uma ou duas pessoas e quando atingem 10 a 12 começa a fazer sentido sair e procurar um espaço maior”, diz. O tempo médio de permanência é de cerca de seis meses.

As startups não tem gastos para se instalar no Campus. O Google é responsável por toda a estrutura – em São Paulo, uma área de 2,6 mil m2, com dois espaços para eventos, mesas para 150 pessoas, estacionamento para bicicletas e vestiário.

As startups interessadas em ter espaço no Campus podem se inscrever em um site especial criado pelo Google. O Google não cuida diretamente da seleção e da gestão das empresas instaladas. Isso é feito por parceiros. No Brasil, o responsável ainda não foi escolhido.

Lançamento de Edital de Inovação!

Edital SENAI SESI de Inovação

Lançamento do Edital será na primeira semana de agosto!

Tecnosinos, parceiro da Ventiur, fará o lançamento do Edital SENAI SESI de Inovação 2015 no dia 6/AGO . Empresas de pequeno, médio e grande porte que tem projetos tecnológicos ou de melhoria de qualidade de vida do trabalhador podem se inscrever no Edital. Nessa edição do programa serão 41 milhões de reais para investir em projetos.
Todas as empresas de base tecnológica tem potencial para inscrição no edital.
O evento é gratuito e contará com os representantes do edital para lançamento.

Conheça o programa completo por aqui. Clique no banner e põe na agenda!

#agendaaí

LANÇAMENTO EDITAL SESI SENAI INOVAÇÃO