Encerramento e premiação da SAP Innomarathon

Por: Carolina Elma Cassel

  No dia 31 de agosto, aconteceu a avaliação das startups participantes da competição SAP Innomarathon, o desafio social promovido pela SAP Labs Latin America e pelo TECNOSINOS. Os competidores tiveram sete minutos para apresentar o seu pitch, já os avaliadores dispunham de três minutos para esclarecer dúvidas, especialmente, sobre o impacto social, progresso, IoT & big data e modelo de negócio, principais quesitos de avaliação. O processo de escolha foi criterioso e demorado, já que startups de alto nível participaram da semi-final, e somente quatro projetos foram selecionados para a final da competição, que aconteceu no dia seguinte.

  Na final da competição o tempo de apresentação foi estendido para dez minutos e o de questionamentos para o mesmo tempo, totalizando vinte minutos. Funcionários da SAP Labs Latin America foram convidados para o evento e escolheram a startup vencedora. O vencedor, que foi anunciado durante o maior evento da SAP para o público universitário, o SAP Techniversity, recebeu um cheque de vinte mil reais e seis meses de incubação, o segundo, terceiro e quarto colocado receberam três meses de incubação na UNITEC, a incubadora tecnológica do TECNOSINOS.

  Durante todo o processo as startups receberam o apoio de negócios da Ventiur, por meio da metodologia WARMUP. Saiba mais sobre a evolução do desafio aqui e sobre o workshop jurídico do qual os empreendedores participaram aqui.

Startups premiadas:

1º lugar: EJR Robótica Educacional

2º lugar: Aldiwa

3º lugar: Doador Online – Banco de Sangue Virtual

4º lugar: Alientronics

Galeria de imagens do evento:

dsc_0277dsc_0254 dsc_0253dsc_0248 14195342_1177164719011609_7204752440110941530_odsc_0252

CONFIRA TAMBÉM…

O AMOR É SIMPLES PASSA A COMPOR PORTFÓLIO DA VENTIUR

PELA CRIAÇÃO DE UM FUTURO CUSTOMIZÁVEL E DE NOVAS TECNOLOGIAS

CICLANO É A NOVA STARTUP INVESTIDA PELO GRUPO ALPHA ONE DA VENTIUR

COLABORAÇÃO QUE GERA INOVAÇÃO

Pela criação de um futuro customizável e de novas tecnologias

Por: Luiz Henrique Rauber Rodrigues

  Como identificação de uma pedra angular, o mundo data o 2005 e o evento Maker Faire (e a revista Make Magazine), que estimulou com que vários nerds da cultura do “Do It Yourself – DIY/ Faça você mesmo”, saíssem de seus quartos e garagens e fossem lá expor o que produziam e aprender mais. Sobre a cultura DIY, e também este evento, se leva a pensar não é nada novo um movimento para reunir estes nerds, afinal o Apple I foi mostrado para a imprensa pela primeira vez em 1975 por Steve Wozniak e Steve Jobs numa feira de computadores caseiros, a Homebrew Computer Clube, mas hoje é diferente, não é só o nerd que está sendo emponderado a vir à luz.

  Este empoderamento que vem desde 2005 é fruto de um dos grandes movimentos recentes e certamente disruptivo, levando em conta uma evolução histórica e por vezes centralizada, o denominado “maker movemmnet / movimento maker”. Este movimento traz uma mentalidade para que qualquer pessoa possa criar, prototipar, produzir, vender e distribuir qualquer coisa que ela fizer.

  O movimento cultural maker dá uma dinamicidade de “dar o poder” da construção para qualquer pessoa. Isso tem até sido considerado uma nova revolução industrial, pois esta mudando toda uma lógica de produção e venda, de conhecimento e informação, pois o que era centralizado em indústrias, pode ser feito em casa. A abrangência cultural esta atingindo a todas pessoas que tenham interesse nesta cadeia mercantil. Para uma exemplificação simples em 2 tipos de pessoas, consideraremos os nerds e os desingers:

  Um nerd de tecnologia, criou um microcontrolador porque ele queria ou precisava, o arduino (mas poderia ser citado outros muitos);
  Este arduino foi divulgado como hardware livre o que possibilitou que, com baixo custo, outros nerds o copiassem e o utilizando, prototiparam uma impressora 3D;
  Esta impressora num conceito RepRap, foi otimizada por outros nerds e ficou com uma qualidade similar a que é vendida pela indústria, custando bem menos;
  Sabendo disso, um designer que dependia de criar escala e da indústria para produzir seus produtos, comprou uma destas impressoras, e agora a usa para produzir em casa chaveiros que como em pequena escala, são até personalizados;
  Já um outro grupo de nerds que gostam de produção em madeira e não em plástico, otimizaram processos parecidos e desenvolveram uma CNC;
  Agora um outro designer cria e produz cadeiras, quadros, letras e afins em casa, e não mais numa grande madereira que ficava com parte de seu lucro;
  E de nerd pra nerd, de um conceito parecido a CNC, outros nerds queriam mais profissionalismo em suas placas eletrônicas caseiras. Com isso, produziram uma fresadora que é quase auto-replicante como a RepRap. Esta fresadora é utilizada agora até na Universidade para prototipar placas eletrônicas em casa, sem a necessidade de pedir, até para outros países, que façam isso.

  E a cultura maker é totalmente descentralizadora. Outro exemplo dentro deste movimento, e destacado recentemente pela Maker Faire, é de alguém que produziu, sem tecnologia eletrônica, um tipo de horta vertical que facilitou o cultivo de hortaliças e tá mudando o cenário municipal.

  As criações, estimuladas por necessidades ou apenas por curiosidade, tem proliferado esta revolução em todas as dimensões. Ao mercado consumidor a atenção maior está no impacto industrial no presente, mas tem tido até mais impacto no espectro educacional, e por isso, o impacto industrial será futuramente maior, e a indústria precisa aprender sobre esta cultura. Antigamente a criança que desmontava seus brinquedos era até punida por seus pais e afins, mas hoje, é estimulada a fazer isso por eles, e aprende ainda mais a desmontar em sua escola ou em cursos extras. Estas crianças estão aprendendo eletrônica, robótica, programação (…), a cultura de que elas podem criar e fazer. Na educação é preconizado para que a atenção seja muita maior no “processo” do que no “produto”. Esta mudança de foco fará com que estes futuros consumidores, não tenham desejo em comprar um chaveiro pronto, talvez se personalizado… mas sim muito em uma impressora 3D.

Novas ideias para artigos? Criticas e opiniões, envie um e-mail para carolina@ventiur.net.     

 

luiz-rauber-01

 

 LUIZ HENRIQUE RAUBER RORIGUES | Consultor e professor

Empreendedor, professor, palestrante, pesquisador e afins; Professor no Senac Santa Cruz do Su; Mentor Startupies Weekend; Mestre em Nanociências; Especialista em Gerenciamento de Projetos; Bacharel em Ciência da Computação. Palestrou Campus Party/Latinoware/ Fisl. Interesse principal em software e hardware livre, hackerspaces, startups, DIY, TI Verde, biohacking.

LEIA TAMBÉM ESSES ASSUNTOS RELACIONADOS…

O AMOR É SIMPLES PASSA A COMPOR PORTFÓLIO DA VENTIUR

SHOPTUTOR É A PRIMEIRA STARTUP INVESTIDA PELO NOVO FUNDO DE INVESTIMENTOS DA VENTIUR

A EMPRESA DO FUTURO PENSA SOZINHA

LIVRO DO MÊS: ORGANIZAÇÕES EXPONENCIAIS

COLABORAÇÃO QUE GERA INOVAÇÃO

Startups participam de workshop jurídico no SAP Innomarathon

Por: Carolina Elma CasselGiulliano Tozzi Coelho I Fotos: Carolina Elma Cassel e Caroline Goulart Stein

  Nesta terça-feira (26), aconteceu o workshop jurídico do SAP Innomarathom, a competição social promovida pela pela SAP Labs Latin America e pelo TECNOSINOS. Os advogados Luiz Gustavo Garrido e Giulliano Tozzi Coelho, responsáveis pelo escritório Garrido & Tozzi Advogados, alertaram sobre as principais questões jurídicas que impactam a vida dos empreendedores, tanto no início de suas atividades, quanto no decorrer destas. O primeiro ponto abordado foi a estruturação societária da empresa e como pensar a elaboração do contrato social para se fugir dos modelos padrões. Ainda foi explorada a questão do acordo de sócios e quais as principais cláusulas para que este instrumento deve ter.

   Posteriomente foi explorada a questão contratual e a importância de se discutir, pensar e elaborar um contrato claro, lógico e coeso. Também foi abordada a questão dos contratos eletrônicos e termos de uso e sua interface com o direito do consumidor. Por fim, se tratou sobre as operações de investimento em startups, suas formas e principais pontos a serem debatidos entre investidor e empresa e como a governança corporativa vai passar a ser extremamente importante no pós-investimento. O workshop aconteceu na SAP Labs Latin America em São Leopoldo e foi transmitido por webconferência, já que há startups selecionadas de diversos estados brasileiros.

  Durante toda a competição social SAP Innomarathom, as startups recebem apoio de negócios promovida pela aceleradora Ventiur, com uso da metodologia WARMUP (que tem como principal objetivo aprimorar, validar e testar os modelos de negócios inseridos no programa).

Confira a galeria do evento:

DSC_0049 DSC_0047

DSC_0038 DSC_0035

DSC_0028 DSC_0032

IMG-20160728-WA0038 IMG-20160728-WA0018

IMG-20160728-WA0021 IMG-20160728-WA0007

Quer levar o WARMUP para para sua cidade? Entre em contato conosco!

Cadaste-se no site, assine grátis nossas notícias e atualize-se sobre o ecossistema startup!

Evolução da competição SAP Innomarathon – metodologia Warmup by Ventiur

 

Por Carolina Elma Cassel e Isadora Longo Makariewicz I Fotos: Carolina Elma Cassel

  Nesta semana, a Ventiur ministrou os workshops de modelagem de negócios, teste de hipóteses e financeiro para as startups participantes do SAP Innomarathon. O evento aconteceu na UNITEC – Incubadora Tecnológica do TECNOSINOS, e contou com a participação de startups de diversos estados brasileiros. Relembre as selecionadas neste post.

  Na terça-feira (19), as startups buscaram aprofundar o entendimento sobre seus clientes, criando o mapa da proposta de valor para depois construírem o modelo de negócios que sustentasse o valor pretendido para seus futuros usuários. Já na quarta-feira (20), aconteceram os workshops de teste de hipóteses e financeiro, na parte da manhã os participantes entenderam a importância do planejamento e controle financeiro. Além de abordar a teoria, o profissional convidado Marcell Ferreira também auxiliou as startups a desenvolverem o fluxo de caixa e capital de giro, para que participantes possam projetar e organizar suas finanças, a fim de alcançar seus objetivos. Durante a tarde, todos apresentaram o seu modelo de negócios e receberam mais um feedback do corpo de aceleração da Ventiur e demais participantes.

  O primeiro evento deste programa também rendeu uma matéria no blog, acesse aqui. Além desses workshops, as startups também tiveram uma hard experience durante uma sessão de Design Thinking, ministrada pelo Prof. Dr. Alessandro Faria, no início deste mês. Se você quer saber mais sobre essa ferramenta e as vantagens de utilizá-la acesse aqui.

  Durante toda a competição de inovação social promovida pela SAP Labs Latin America e pelo TECNOSINOS, as startups recebem apoio de negócios promovida pela aceleradora Ventiur, com uso da metodologia WARMUP (que tem como principal objetivo aprimorar, validar e testar os modelos de negócios inseridos no programa).

Confira a galeria do evento:

DSC07968 DSC07976

DSC07980 DSC07994

DSC08002 DSC08008

Quer levar o WARMUP para para sua cidade? Entre em contato conosco!

Cadaste-se no site, assine grátis nossas notícias e atualize-se sobre o ecossistema startup!

SAP Innomarathon inicia dentro do STARTUP FOCUS FORUM BRAZIL

 

O programa que visa estimular a inovação social começa oficialmente com apresentações das startups no dentro do evento do SAP STARTUP FOCUS FORUM – Brazil

Por Priscilla Mella | Fotos: Priscilla Mella

A formalização do início da caminhada das startups na olímpiada de inovação social SAP Innomarathon está acontecendo agora. O ponta pé inicial conta com a apresentação de 5 minutos de cada startup, em que explicará como irá utilizar o SAP HANA no desenvolvimento da solução e, como suporte, conta com um único slide no telão. O evento, que está rolando esta tarde, está imerso dentro de um programa maior na qual a Ventiur é parceira, o SAP STARTUP FOCUS.

1-encontro
Diferenciais do programa SAP Innomarathon:

Durante a competição, as startups receberão apoio de negócios promovida pela Ventiur, com uso da metodologia Warmup (que tem como principal objetivo aprimorar, validar e testar os modelos de negócios inseridos no programa). Serão selecionados quatro finalistas que receberão seis meses de incubação gratuita na UNITEC – Incubadora Tecnológica do TECNOSINOS. Além disso, a equipe vencedora também receberá equipamentos para ampliar o seu escritório.

 

Conheça mais sobre o programa SAP Innomarathon:

A competição de inovação social promovida pela SAP Labs Latin America, o SAP Innomarathon, recebeu inúmeras inscrições. A escolha pelas selecionadas foi difícil, considerando que os inscritos traziam soluções bem alinhadas ao que exigia o programa. Para tal seleção foram utilizados critérios como: produto, mercado, time e modelo de negócio. Todas as startups inscritas, que apresentassem soluções baseadas em big data (tecnologia para processamento de dados) ou IOT (Internet das Coisas), traziam um diferencial – visto que o programa visa, justamente, o estímulo de melhorias sociais através dessas tecnologias. Relembre os critérios por aqui. Conheça os selecionados que são parte desse programa, acesse aqui.

 

Confira a galeria do evento:

IMG-20160616-WA0003 IMG-20160616-WA0004 (1) IMG-20160616-WA0005 IMG-20160616-WA0007 IMG-20160616-WA0010 IMG-20160616-WA0012 IMG-20160616-WA0013 IMG-20160616-WA0014 IMG-20160616-WA0018 IMG-20160616-WA0019 IMG-20160616-WA0020 (1) IMG-20160616-WA0022 IMG-20160616-WA0024 IMG-20160616-WA0026 IMG-20160616-WA0028 IMG-20160616-WA0029 IMG-20160616-WA0030 IMG-20160616-WA0033IMG-20160616-WA0035 IMG-20160616-WA0037 IMG-20160616-WA0039

Conheça as selecionadas do SAP Innomarathon – metodologia Warmup by Ventiur!

 

Por Priscilla Mella

A competição de inovação social promovida pela SAP Labs Latin America, o SAP Innomarathon, foi muito repercutida e, por isso, foram inúmeras inscrições. A escolha pelas selecionadas foi difícil, considerando que os inscritos traziam soluções bem alinhadas ao que exigia o programa. Para tal seleção foram utilizados critérios como: produto, mercado, time e modelo de negócio. Lembrando que, todas as startups inscritas que apresentassem soluções baseadas em big data (tecnologia para processamento de dados) ou IOT (Internet das Coisas) traziam um diferencial – visto que o programa visa, justamente, o estímulo de melhorias sociais através dessas tecnologias. Relembre os critérios por aqui.

Card Inno

 

Conheça as startups selecionadas, por ordem alfabética, que deverão comprecer ao evento da SAP no dia 16/06, às 13h, com sua apresentação preparada do pitch:

  • Aldiwa
  • Alientronics
  • Banket
  • Brain
  • Destine Já
  • DJ4E – Grupo de Solução e Inovação
  • DOADOR ONLINE – BANCO DE SANGUE VIRTUAL
  • EJR Robótica Educacional
  • Ergon Engenharia
  • neosec
  • Next Trace
  • Poincle
  • Procurando Patas
  • Safe4You
  • SAP4ALL
  • Semeia Sonho
  • Sossegue
  • Tech Scavengers
  • TOGETHER
  • Usamaq Comércio Imp. e Exp. Ltda

 

PARABÉNS EMPRESAS!

Lembrando que cada startup terá 5 minutos para apresentar seu pitch e deverá explicar, nele, como irá utilizar o SAP HANA no desenvolvimento da solução. Os selecionados deverão confirmar sua presença até dia 09/06 pelo innomarathon@sap.com com cópia para isadora@ventiur.net.

Durante a competição, as startups receberão apoio de negócios promovida pela Ventiur, com uso da metodologia Warmup (que tem como principal objetivo aprimorar, validar e testar os modelos de negócios inseridos no programa). Serão selecionados quatro finalistas que receberão seis meses de incubação gratuita na UNITEC – Incubadora Tecnológica do TECNOSINOS. Além disso, a equipe vencedora também receberá equipamentos para ampliar o seu escritório.

 

Inscrições encerram dia 31!

SAP Labs abre inscrições para startups participarem de olimpíada de inovação

Com cunho social, as inscrições são gratuitas e as vagas limitadas

Por Assessoria da SAP

 

Até o dia 31 de maio estão abertas as pré-inscrições para o SAP Innomarathon, uma competição de inovação social promovida pela SAP Labs Latin America. Com foco na resolução de problemas do nosso cotidiano e melhoria das condições de vida da comunidade por meio do uso da tecnologia, as startups terão autonomia para definir a solução desde que esteja dentro das propostas de empreendedorismo social, sustentabilidade, educação ou serviços públicos. Para participar, os empreendedores devem apresentar soluções baseadas em big data (tecnologia para processamento de dados) ou IOT (Internet das Coisas).

Card inscições prorrogadas

 

Durante a competição, as startups receberão apoio de negócios promovida pela aceleradora Ventiur, com uso da metodologia Warmup (que tem como principal objetivo aprimorar, validar e testar os modelos de negócios inseridos no programa). Serão selecionados quatro finalistas que receberão seis meses de incubação gratuita na UNITEC – Incubadora Tecnológica do TECNOSINOS. Além disso, a equipe vencedora também receberá equipamentos para ampliar o seu escritório.

A competição ocorre entre 16 de junho e 26 de agosto e acontecerá na sede da empresa localizado na Avenida SAP, 188 (Campus da Unisinos, em São Leopoldo/RS), com inscrições gratuitas e vagas limitadas. Inscrições pelo site bit.ly/SAPInnomarathon. Mais informações pelo telefone (51) 3081.1000. A iniciativa é uma realização da SAP com o Tecnosinos, com apoio e metodologia oficial Warmup da Ventiur.

 

SERVIÇO:

O QUE?  SAP Innomarathon.

QUANDO? Inscrições até dia 31 de maio. A competição acontecerá entre 16 de junho e 26 de agosto.

ONDE? SAP Labs Latin America (Avenida SAP, 188 – Cristo Rei, São Leopoldo).

INSCRIÇÕES: Clique aqui!

-INFORMAÇÕES: (51) 3081.1000.

 

OS QUATRO PILARES:

Card (1) Card (2) Card (3) Card (4)

 

LIVRO DO MÊS: Big Data

Por Roberto Mariotto

Captar dados e armazená-los… Duas atitudes que fazem parte da realidade de grandes empresas de tecnologia há muito tempo. Isso porque, como guardiãs da vanguarda tecnológica da humanidade, estas empresas se deram conta muito antes de todo o resto do mundo de o quanto isso poderia trazer de valor.

livro03

 

Um breve estudo sobre os ciclos produtivos e cadeias de valor do inicio dos séculos XX e XXI já nos permite diagnosticar uma mudança drástica na relação oferta/demanda em escala mundial. Em um mercado competitivo, onde ter um diferencial é tão essencial que chega a beirar o óbvio, as empresas cada vez mais buscam maneiras de satisfazer seus clientes com seus produtos, atendimento, pós-vendas e todas as demais experiências de consumo.

Dentro desse contexto algumas empresas e nichos de mercado percebem que tem a necessidade de “evoluir em direção ao passado” prestando um atendimento pessoal digno dos tempos em que negócios não tinham escalas tão grandes e aqueles poucos e fiéis clientes. Voltando assim a ter de prestar um atendimento cada vez mais personalizado, transformando a efetividade de estratégias de marketing de larga escala em uma coisa questionável em alguns contextos. O que traz um novo grande paradigma de mercado para algumas empresas que tem seus produtos vendidos em escala… Elas agora precisam personalizar seu atendimento com uma granularidade extraordinária.

 

Mas o que isso tem a ver com captar dados? Simples… Duas palavras: Big Data

 

O livro do mês de Abril é: “Big Data: como extrair volume, variedade, velocidade e valor da avalanche de informação cotidiana” de autoria de Viktor Mayer-Schönberger e Kenneth Cukier. Não somente para os interessados em tecnologia e estatística, mas também para pessoas das mais diversas áreas este livro se mostra muito positivo no que tange aprendizado. Com um conteúdo de viés não técnico, em termos de programação e algoritmos, o livro é de fácil entendimento. Novamente, apresentando cases onde se aplicaram algoritmos de Big Data para solução de problemas, o livro mostra que esta ferramenta já faz parte de nossas realidades sem se quer percebermos.

A parte mais interessante do livro é a comparação entre os modelos estatísticos que utilizamos hoje, que envolvem critérios de amostragem, distribuições normalizadas, índices de confiabilidade e tantos outros quesitos técnicos e o quanto uma enxurrada de dados convertidos em informação pode ser mais efetiva em representar a realidade e, nos mais excêntricos casos… Prevê-la.

 

LEIA TAMBÉM ESTES ASSUNTOS RELACIONADOS:

LIVRO DO MÊS: EMPREENDEDORISMO CRIATIVO

CONTENT MARKETING E A FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES

LIVRO DO MÊS: THE RAINFOREST

CONHEÇA OS CUIDADOS JURÍDICOS PARA INICIAR SUA STARTUP

STARTUP GAÚCHA DESENVOLVE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

DESIGN THINKING E AS VANTAGENS DA METODOLOGIA

 

Todo o suprassumo das análises preditivas, do dimensionamento de raio de ação de uma prestadora de serviços, identificação de focos de pandemias, tudo isso ao alcance de um click. Foi isso que aconteceu em um dos casos citado no livro, no qual o Google foi capaz de resolver um grande problema dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, que estavam com um gap de aproximadamente 14 dias na determinação do foco de uma epidemia de gripe. O que fazia com que, quando o plano de ação fosse colocado em prática, o foco da epidemia já tivesse se deslocado para outra região que demoraria outros 14 dias para ser identificada…

 

livro03

 

Com um algoritmo do Google que, em resumo, levou em consideração uma lista de palavras atreladas a sintomas de gripe, que quando pesquisadas no site de busca disparava um algoritmo que já identificava o local onde esta pesquisa tinha sido realizada. Seguido disto o programa já plotava no mapa do país todos os disparos permitindo assim dizer em que região se concentravam massivamente as pesquisas sobre sintomas de gripe. Trazendo por fim a resposta de onde estava o foco da epidemia e por onde ela estava se espalhando praticamente em tempo real.

As ferramentas de Big Data podem ser construídas nas mais variadas áreas e trazem, em termos estatísticos, uma confiabilidade muito mais eficiente, pois é possível atingir confiabilidades muito grandes com um esforço incrivelmente menor do que seria necessário em modelos estatísticos de amostragem tradicionais.

Big Data não é um livro técnico de TI, é um livro de fundamentos, cases e comparações.

 

Gostou da sugestão? Você também pode contribuir com este espaço, basta deixar seu comentário!