A rede social Hookit mudou seu modelo de negócio e aposta em ofertas para mercado B2B

 

Acelerada pela Ventiur por meio do programa Startup Brasil e apoiada com recursos do Tecnova/FINEP, o Hookit ingressou na área de Inteligência Artificial e está desenvolvendo um robô (bot), para o mercado de moda, baseada em recursos de websemântica e aprendizado de máquina, que atua como um “personal stylist”. O objetivo do robô personal stylist é auxiliar e-commerces, aplicativos e portais de moda a interagir com o seu público de forma individual e especializada com o intuito de fomentar as vendas. Apelidado de Style BOT, o sistema permite que sites e aplicativos aprendam sobre os comportamentos de seus consumidores, interagindo com eles como um consultor de moda e estilo, resolvendo dúvidas e fazendo recomendações de acordo com as preferências de cada um. Acessando é possível conhecer mais detalhes deste robô.

 

hookit

 

Parece que a tecnologia da inteligência artificial conquistou de vez o Hookit. Numa oportunidade identificada pela Ventiur, a startup uniu forças com o Portal Qualis para aplicar as tecnologias de Inteligência Artificial no serviço de telemedicina prestado pelo portal, desenvolvendo um sistema de apoio a decisão na recomendação de antibióticos para combate à infecções bacteriológicas. Para chegar às recomendações, o sistema utiliza de forma complementar Representação de Conhecimento (Knowledge Representation) e Aprendizagem de Máquina (Machine Learning) para representar e padronizar os procedimentos para a tomada de decisão e reconhecer as mudanças a serem incorporadas aos procedimentos padronizados.

E faz todo sentido ao universo do aprendizado de máquina ter conquistado a startup gaúcha. Segundo o Gartner Group, os algoritmos serão os responsáveis por acelerar o valor da economia digital. A empresa de pesquisa, coloca o aprendizado de máquina como uma das dez tendências que irão mudar o mundo nos próximos anos e prevê um tempo em que algoritmos – sistemas de resolução de problemas – irão assumir muitas ações que os seres humanos executam atualmente.

 

hookit-ai-the-guardian
Foto: The Guardian

 

Se na moda o Hookit criou um Style BOT, na medicina parece estar criando um Doctor BOT. Originalmente concebido para ser uma rede social de moda para consumidores, o Hookit vem pivotando (linguagem do meio para indicar mudança) seu modelo de negócio e direcionando esforços para o mercado B2B (business to business). A rede social, (modelo original de negócios) segue ativa como um laboratório para testes das tecnologias e engajamento da comunidade de moda em torno do assunto. Para o mercado B2B o Hookit oferece quatro ferramentas tecnológicas com base em Inteligência Artificial:

 

1.Sistema de Recomendação

 Com base nas interações dos consumidores, através de seu histórico de acesso a sites e as redes sociais, como o Facebook, o Sistema de Recomendação traça um perfil personalizado do usuário e, assim, recomenda produtos que se encaixam em seu gosto e estilo. Potenciais beneficiários: e-commerces de moda, marketplaces de moda e lifestyle.

 

2. Processamento de Linguagem Natural

É a parte “humana” do robô. Funciona como um personal stylist respondendo a dúvidas e dando sugestões de produtos e looks. Quem nunca ficou sem saber qual tipo de tênis combina com aquela saia jeans que está há tempos no fundo do armário? Ou qual o melhor look para ir a um casamento no campo? Potenciais beneficiários: e-commerces de moda, marketplaces de moda e lifestyle.

 

hookit-ai-style-bot

 

3. Busca Semântica

Através do tratamento de problemas de ortografia, incorporação de sinônimos e análise de conceitos existentes nos termos de pesquisa, o módulo de Busca Semântica identifica itens de interesse do usuário que não constam em sua busca original.

Por exemplo, uma pesquisa por Vivienne Westwood num sistema tradicional de busca pode não trazer resultados como produtos com a estampa dos britânicos do Sex Pistols, no entanto, a estilista tem relação direta com o movimento punk e provavelmente um consumidor interessado nela também se interessaria pela banda ícone punk. Potenciais beneficiários: e-commerces de moda, marketplaces de moda e lifestyle.

 

hookit-ai-busca-semantica

 

4.Análise e Classificação de Textos

O módulo de Análise e Classificação de Textos identifica termos ao longo do conteúdo de um texto e associa produtos ou outros elementos a partir desta leitura.

É um leitor digital bastante eficiente para blogs e portais que queiram associar produtos ao seu conteúdo de forma inteligente e automatizada. Potenciais beneficiários: e-commerces de moda, marketplaces de moda e lifestyle, portais de conteúdo, plataformas de conteúdo vertical, blogs.

Se Interessou? Manda um e-mail pra eles: oi@hookit.cc.

 

LEIA TAMBÉM…

5 EXCELENTES ÁREAS PARA STARTUPS EM 2016

STARTUP ACELERADA PELA VENTIUR É VENDIDA PARA LÍDER DO SEGMENTO

CONHEÇA 5 INICIATIVAS EFICAZES PARA AUMENTAR SUAS VENDAS

APLICATIVO AJUDA VOCÊ A MELHORAR SUA PERFORMANCE EM REDES SOCIAIS