Saipos entre scale-ups selecionadas pela Endeavor RS 2021

Share on linkedin
Share on facebook

Startup acelerada pela VENTIUR estará participando pela segunda vez do programa

Pelo segundo ano consecutivo a Saipos, startup acelerada pela VENTIUR, está entre as selecionadas pelo programa Scale-Up Endeavor RS 2021. A empresa atua na gestão de empresas do setor de gastronomia, e seu sistema já é utilizado por mais de 4 mil restaurantes em todo o País.

O CEO da Saipos, Bruno Tusset, falou da importância de participar do programa para o atual cenário da empresa. “Fazer parte da Scale-Up pela segunda vez é algo que não conseguimos descrever. Um grande privilégio que trará ainda mais impactos positivos para nós. A Endeavor é uma referência no mundo dos negócios e é uma honra fazer parte desse grupo”, observou Tusset.

Ele lembrou que a primeira participação no programa da Endeavor foi importante para a Saipos crescer como organização – entender papéis e a importância de cada um dentro do processo. “O principal ponto que nos fez seguir mantendo relacionamento com a Endeavor é buscar a entrada em uma segunda rodada de conexões com outros empreendedores. Conseguimos trocar experiências e como alguns problemas que parecem tão grandes podem ser solucionados de forma simples” finalizou Tusset.

Programa conecta empreendedores a empresas de grande porte

O programa de aceleração da Endeavor tem duração de cinco meses e proporciona a conexão das scale-ups com líderes de empresas referência em alto desempenho no País. O Scale-Up proporciona um encontro entre empreendedores que estão em estágios semelhantes.  Durante o programa também são realizadas mentorias com lideranças das empresas que mais se destacam no País – oportunidade para troca de experiências e networking. 

Os mentores do programa acompanham os empreendedores, desenvolvendo diagnósticos sobre os maiores desafios de crescimento e em como focar na resolução e superação dos problemas encontrados. As nove scale-ups do Rio Grande do Sul empregam mais de 750 pessoas e faturaram mais de R$ 50 milhões em 2020. Entre 2019 e 2020, a média de crescimento foi de 250%.

E como surgiu a Saipos?

A Saipos surgiu em 2017, logo após Tusset, ao lado dos seus três sócios, Anderson Onzi, Kenner Grings e Eric Alves da Rocha, venderem a plataforma de comida delivery que possuíam, a Devorando para o Ifood. Na ocasião, eles resolveram tirar do papel uma ideia que já nutriam desde a Devorando, que era o desenvolvimento de uma solução com foco na gestão de restaurantes.

Tusset lembra que durante o tempo que mantiveram a antiga plataforma, a equipe recebeu diversas solicitações para desenvolvimento de um sistema para gestão de restaurantes. Ressaltou que este novo sistema precisaria ser ágil e, principalmente, simples de ser utilizado. Dentro desse contexto, surgiu a Saipos, com a proposta de entregar ferramentas que facilitem o cotidiano dos empresários do ramo de alimentação. 

A Saipos atua desde o controle de produção, passando pelo monitoramento da logística, do estoque e chegando à parte financeira, que inclui a emissão de notas fiscais – tudo de maneira prática e rápida. A empresa atende diversos segmentos, os quais incluem operações de lojas físicas ao delivery, passando também por redes de franquias. Além disso, o software é o que mais processa pedidos integrados aos principais apps de delivery do mercado. 

Entre as vantagens que o empreendedor terá em utilizar a plataforma da Saipos, estão questões como a possibilidade de conferir as vendas do restaurante de maneira remota. A ferramenta também contribui para a agilidade dos serviços, pois realiza a integração com outros serviços de delivery. Outro ponto importante é o controle financeiro, o qual inclui o gerenciamento de despesas (contas a pagar) e receitas (vendas).

Setor de delivery de comida registrou crescimento na pandemia

Capaz de reinventar a forma como criamos, compramos, cozinhamos e pensamos a comida, o setor de delivery de comida atende as demandas de vários públicos, permitindo que por meio de um app o cliente possa receber em sua casa alimentos e bebidas. Pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) indicam que, antes da pandemia da Covid 19, pelo menos 54% dos empresários brasileiros já utilizam o delivery em seus negócios. 

Com as medidas sanitárias impostas pela doença, esse percentual registrou elevação de 12%, chegando ao patamar de 66%. O levantamento aponta também o aumento da adesão aos aplicativos de entrega, tendo em vista que 25% dos negócios já estavam operando nas plataformas digitais – agora, cerca de 72% já atuam nessa modalidade. 

E mesmo com o fim das restrições de isolamento social, o cenário não deve retornar à condição anterior para o setor de serviços de alimentação, pois as empresas de gastronomia já entenderam que podem explorar novos clientes no ambiente digital. Pelo contrário, a tendência é que os números do setor de delivery continuem em ascensão nos próximos anos, em especial pela comodidade e segurança que os aplicativos de comida oferecem atualmente.Quer ficar atualizado sobre as notícias relacionadas ao ecossistema de inovação? Então segue a @ventiur nas redes sociais. A VENTIUR é uma das principais aceleradoras de startups do Brasil e está sediada no polo tecnológico da Unisinos, o Tecnosinos, em São Leopoldo/RS.

Compartilhamos propósitos
e resultados

Ventiur
Importantes
Fale Conosco

Email: [email protected]
Av. Unisinos, 950 / Sala 101
Tecnosinos – Unitec I
São Leopoldo/RS

© Copyright Ventiur – 2021 | Todos os direitos reservados

Aclamadas pela comunidade científica, as Deep Techs estão sob o mesmo guarda-chuva de empresas criadas a partir de disrupções em áreas como biotecnologia, engenharia e arquitetura de dados, genética, matemática, ciência da computação, robótica, química, física e tecnologias mais sofisticadas e profundas. São startups que propõem inovações significativas para enfrentar grandes problemas que afetam o mundo.

 

Por mais que tentar chegar a uma definição possa parecer um exercício bastante ousado, quando falamos de uma área de tamanho conhecimento e aplicação, negócios que se enquadram dentro deste conceito, tratamos de soluções com alto valor agregado, que irão impactar positivamente não só um grupo determinado específico de pessoas, mas que podem mudar o mundo.

 

Para fomentar ainda mais o setor e auxiliar nesse crescimento, o Delta Capital abriu inscrições para selecionar Deep Techs. A chamada inicia dia 22/11 e vai até 10/12, não perca tempo e inscreva-se aqui!

 

 Em breve conheceremos as iniciativas selecionadas.