VENTIUR no Show Rural em Cascavel PR

A VENTIUR, através do seu Diretor de Operações, Guilherme Kudiess e do Gestor de Aceleração, George Gallas, participou da 32ª edição do Show Rural Coopavel em Cascavel, Paraná. O Evento é destaque nacional e reúne cerca de 300 mil pessoas dispostas a conhecer as novidades do setor agrícola e com foco em fechar negócios.

A VENTIUR participou ativamente de várias atividades do Show Rural Digital, pavilhão focado em inovação e tecnologia para o Agro. Destacam-se a realização de um treinamento de pitch para as startups do Hackathon do Show Rural Digital organizado pela Coopavel, painel com investidores sobre o investimento em Startups do agro, participação na banca do Startup Like a Farmer organizado pelo Sebrae PR e também organização e execução do bootcamp AgTech realizado no último dia de evento.

O bootcamp tem o objetivo de avaliar presencialmente as startups que serão selecionadas para a etapa final que será realizado em Piracicaba nos dias 28 e 29 de fevereiro.  Outro objetivo do Show Rural é conectar a VENTIUR com investidores que estão interessados em investir em Startups do Agronegócio. Interessados também podem entrar em contato diretamente com Guilherme Kudiess pelo link: http://whts.co/sZG3MtnExW ou pelo site https://ventiur.net/agtech/.

Segundo Kudiess, o Paraná é o terceiro maior estado em produção agrícola e escolheram a Show Rural Coopavel para realizar uma das etapas presenciais de seleção; não só pelo estado ser grande produtor, mas o ecossistema local de inovação do chamado Iguassu Valley, que compreende Cascavel, Toledo e Foz do Iguaçu, tem se desenvolvido em ritmo acelerado. Boa parte das startups participantes foram da própria região, mas algumas também de Santa Catarina, São Paulo e até do Piauí.

As startups participantes foram Leigado, Agripad, Culte, Aquabit, Trucker do Agro, Gravitwave, Stac e Rise Go.

Kudiess e Gallas também realizaram uma visita ao Biopark na cidade de Toledo. O parque tecnológico abriga atualmente 16 startups e tem a meta de atingir 50 até o final de 2020. A Manfing, Startup acelerada pela VENTIUR em parceria com o GIP Hélice Caxias do Sul está sendo incubada no parque desde sua fundação.

O parque está sendo construindo para abrigar empresas de tecnologia, universidades, shopping center, hotel, hospital e em sua fase final, áreas residenciais. Com boas práticas de Smart Cities, o objetivo dos idealizadores do projeto é gerar 30 mil empregos diretos nos próximos anos transformando o oeste paranaense em referência nacional em ecossistema de inovação e tecnologia.

Para Gallas, o Biopark mostra o quanto a iniciativa privada pode realizar excelentes projetos que visam o desenvolvimento sustentável de uma região. Além da formação de excelentes profissionais através das universidades locais, o parque permitirá que esses talentos encontrem espaço para desenvolverem todo o seu potencial e não precisem sair do oeste paranaense atrás de oportunidades.

Os próximos passos da VENTIUR em relação ao Warmup AgTech ocorrem em Piracicaba nos dia 13/02 com a etapa de seleção assim como na Show Rural, e em seguida nos dias 28 e 29 de Fevereiro, também em Piracicaba onde de 15 startups disputarão cerca de 5 vagas para receber investimento e participar do programa de aceleração GoHard.

VENTIUR AgTech a todo vapor!

AgTech VENTIUR Datas Warmup

VENTIUR AgTech

Está em ritmo acelerado o processo de seleção do Programa de Investimento e Aceleração VENTIUR AgTech, lançado em 2019 na Expointer em Esteio – RS. Foram mais de 60 startups com soluções para o agronegócio inscritas na Turma 10 da Aceleradora e, destas, 28 foram selecionadas para a etapa presencial de seleção.

O objetivo do programa VENTIUR AgTech é auxiliar startups a evoluírem seu MVP (Minimum Viable Product) e buscar alcançar seu PMF (Product Market Fit) no período de aceleração. Para atingir esse objetivo, além do investimento financeiro, a Aceleradora ajuda com a estruturação de processos e aproximação com parceiros estratégicos para crescimento acelerado. Mais informações sobre o programa VENTIUR AgTech podem ser obtidas no link https://ventiur.net/agtech/.

Warmup: Processo de Pré Aceleração

Pela primeira vez na história da VENTIUR, a etapa conhecida como “warmup”, processo de pré-aceleração onde os empreendedores são testados e avaliados, ocorrerá em estados e cidades diferentes. Nesta etapa, as startups são submetidas a dinâmicas e atividades para analisar o perfil dos empreendedores, como reagem a testes e estresse, além de mensurar sua capacidade de entrega. Também ocorre a conexão com investidores e entre os empreendedores das startups, gerando oportunidades de negócio.

Bootcamps

O Primeiro “Bootcamp” (encontro presencial com o objetivo de conhecer e testar os empreendedores) acontecerá em Porto Alegre – RS, dia 31/01, das 9h às 19h, no Habitat Floema, Hub da Fábrica do Futuro com foco no desenvolvimento de AgTechs, BioTechs, FoodTechs e SustenTechs (https://habitatfloema.com/). As startups selecionadas foram AgexTec, Insumo Fácil, Agrocloud, Acerto Fácil,  Cerealiza, Agpay, Saedra, E-Rural, Performance Vegetal, Quíper Fresh, Aurora, Dronagro, PMP Alimento Importa. Os investidores são convidados a participarem para conhecer e interagir com as startups.

Na semana seguinte, a equipe da VENTIUR estará em Cascavel – PR na Show Rural Coopavel. No evento, a VENTIUR participará da banca de seleção de startups juntamente com o SEBRAE, de um painel exclusivo com investidores e ministrará uma oficina de pitch no hackathon da edição. Para fechar a semana, no dia 07/02, a VENTIUR realizará o bootcamp com as startups da região centro-sul. Até o momento, as startups selecionadas são Leigado, Gravitwave, Seas Agro, Aquabit e Rise Go. Porém, durante o Show Rural, serão selecionadas mais startups do Show Rural Digital (https://showrural.com.br/digital/).

A próxima parada será em Piracicaba – SP, conhecida como AgTech Valley. A região é reconhecida por concentrar grande parte das Agtechs do Brasil e  Hubs de inovação do Agro. Também é onde está localizada a Esalq, melhor faculdade de agronomia do país. Dia 13/02, no AgTech Garage (https://www.agtechgarage.com/), acontecerá o 3° bootcamp. Para esse evento, estão aprovadas as startups Agryo, Agriconnected, Agritrade, Hortify, Sensegrass, Oxbov, Dillon Biotecnologia, Compregados, Kasco e Cotton Droplet, fechando assim a primeira etapa do warmup.

Pitch Day

As 12 melhores startups serão selecionadas e passarão para última fase: um bootcamp final que acontecerá em Piracicaba no dia 28/02. Nesse dia, a equipe VENTIUR fará uma análise mais profunda dos modelos de negócio, tecnologias utilizadas e plano financeiro das startups. Estas serão preparadas para o Pitch Day, que ocorrerá no dia seguinte, 29/02. Na banca do Pitch Day, estarão os investidores do GIP VENTIUR AgTech e serão escolhidas até 6 startups para receber o investimento de até R$ 200 mil do grupo, mas podendo ultrapassar R$ 1 Mi com co-investimento de parceiros.

Oportunidades de Investimento

Ainda estão disponíveis cotas para o Grupo de Investidores VENTIUR AgTech. O grupo é formado por Empresas e Investidores Pessoa Física que conhecem o agro, visando a agregar “smart-money” às startups selecionadas. Além de ser uma ótima oportunidade para diversificar seus investimentos com possibilidade de altos retornos, os investidores participam ativamente do ecossistema de inovação, conhecem novas tecnologias, modelos de negócio e expandem seus maiores ativos: Conhecimento e Relacionamento.

Conecte-se!

Startups, Investidores e Empresas que tiverem o interesse em fazer parte, ou mesmo se informar melhor sobre o programa e grupo de investimento VENTIUR AgTech, podem entrar em contato diretamente com Guilherme Kudiess pelo email guilherme@ventiur.net ou whatsapp +55 51 98269.8262.

 

#GoHard #GoVentiur

Startup Brasil e VENTIUR: AgTech acelerada recebe aporte de 520 mil

AgroInteli recebe investimento de R$ 520 mil após VENTIUR e Startup Brasil

Em 2018 a AgroInteli foi selecionada para o programa Startup Brasil e se uniu a VENTIUR para realizar o seu processo de aceleração. Em menos de 18 meses a startup já está recebendo um investimento de R$ 520 mil reais. Os responsáveis pelo investimento são a GV Angels e da Ace Startups. Além disso, a startup já havia recebido R$ 320 mil desde o início de sua operação.

A AgroInteli é uma AgTech que entrega um sistema operacional agrícola que facilita a integração de muitas fontes de dados de software e hardware em um sistema abrangente e fácil de usar. Em outras palavras, trata-se de um processo de centralização, organização, análise e interconexão de dados. A combinação ocorre, por exemplo, com imagens aéreas, sensores, dados de máquinas, previsões meteorológicas, modelos agronômicos e atividades de dados em campo e gerando recomendações para a tomada de decisões ao pequeno e médio agricultor.

O programa de aceleração e a oportunidade de participar do Startup Brasil certamente trouxeram visibilidade para a startup que tem sede em Campo Grande, no estado do Mato Grosso. A startup  já monitora 170 áreas áreas em 12 estados brasileiros e segue crescendo mês a mês.

Vale destacar também que o bom trabalho da equipe AgroInteli levou a startup para o Startup Chile. Primeiramente, o programa é reconhecido como uma das 10 melhores aceleradoras do mundo, além de permitir que a startup valide seu produto em um novo país.

Como próximos passos, a startup pretende seguir evoluindo no desenvolvimento de produtos e organizar a força de vendas. O objetivo é chegar aos médios e pequenos agricultores que estão se transformando digitalmente.

Programa AgTech VENTIUR

A VENTIUR possui um programa exclusivo para investimento em AgTechs, que fornece conexões, investimento, desenvolvimento e mentoria. Uma aceleração completa para startups focadas no agronegócio. Ou seja, se esse possui uma startup no de agro ou pretende investir, veja mais informações através do link AgTech VENTIUR.

 

VENTIUR AgTech: Acelerando a Inovação no Agronegócio

Não é preciso entender muito de economia ou política para saber quanto o mercado brasileiro é dependente do agronegócio. A demanda por alimentos vai continuar crescendo e não podemos destruir o planeta para produzir mais. É a inovação e o uso correto de novas tecnologias que vão permitir o aumento da produtividade e o crescimento sustentável do agronegócio.

É nesse contexto em que lançamos o VENTIUR AgTech.

 

O que é o VENTIUR AgTech?

VENTIUR AgTech é o novo programa de aceleração e investimento em startups da VENTIUR, com foco no agronegócio.

O Grupo de Investidores VENTIUR AgTech será formado por empresas e investidores que conhecem o Agro, visando agregar muito “smart-money” às startups selecionadas. 

O objetivo é investir e acelerar startups com soluções de base tecnológica para problemas reais do agronegócio e, dessa forma, impulsionar a inovação do setor, responsável por 24% do PIB, 33% dos empregos e 46% da exportação do Brasil, segundo dados do IBGE de 2016. 

“O Brasil é o país com a maior capacidade, no mundo, de crescimento no agronegócio, com maior área agricultável inexplorada e com as maiores reservas de água doce do mundo, mas conta com problemas latentes no campo. Desse modo, é um celeiro de oportunidades para o desenvolvimento de startups focadas nesse mercado. Pensando nisso, montamos uma estrutura e estratégia que conseguirá alavancar a evolução de tecnologias no campo com mais assertividade e ciclos mais rápidos de validação.”, declara Guilherme Kudiess, COO e responsável pela frente Agro da VENTIUR.

Contamos, ainda a com a parceria de diversas universidades, incubadoras e centros de inovação  que atuarão como como unidades de apoio ao programa VENTIUR AgTech, auxiliando no planejamento, mobilizando ações, oferecendo infraestrutura e suporte para validação do produto e testes de campo. 

“Acreditamos que há um grande potencial para desenvolver startups criadas por empreendedores que tem o “pé-no-barro” e que conhecem de fato as principais dores do homem do campo. Apoiados pelas incubadoras e universidades parceiras, estaremos mais perto e conectados, agregando processos, metodologias e tecnologia para o desenvolvimento das melhores soluções.”, explica Sandro Cortezia, CEO da VENTIUR.

O grupo de investidores deve aportar um valor total de R$5 milhões em até 25 startups, podendo ser feito por investidores Pessoa Física, Jurídica e também na modalidade de Corporate Venture. A terceira oferece às empresas que têm interesse na aproximação ou investimento em startups, podem definir até 3 desafios, que serão utilizados para selecionar startups com sinergia aos problemas relacionados. Dessa forma, empresas da modalidade Corporate Venture contam ainda com a prioridade no co-investimento.

Todos os investidores do grupo, além de diversificar seus investimentos com possibilidade de altos retornos, se beneficiam da conexão com parceiros, startups e time de experts, treinamentos de mentoria, informações privilegiadas sobre startups pré-selecionadas, maior segurança para investir e expandir seus maiores ativos: Conhecimento e Relacionamento.

O perfil das startups selecionadas a serem investidas serão:

– Startups que resolvam problemas reais do agronegócio;

– Em estágio operacional ou pré-operacional;

– Escaláveis, baseadas em tecnologia e inovação;

– Com diferenciais estratégicos e competitivos e mercado amplo;

– Empresas com dois ou mais sócios, ao menos um com dedicação exclusiva e um sócio técnico, além de conhecer muito bem o ramo de atuação;

 

Startups, Investidores e Empresas que tiverem o interesse em fazer parte, ou mesmo se informar melhor sobre o programa e grupo de investidores VENTIUR AgTech podem entrar em contato diretamente com Guilherme Kudiess pelo email guilherme@ventiur.net

 

Vamos juntos acelerar a inovação no agronegócio!

AgroInteli no Startup Chile

É com muito prazer que todos nós parabenizamos a AgroInteli, startup acelerada pela VENTIUR em 2018, pela conquista de passarem no programa de aceleração do Startup Chile, o maior da América Latina e um dos 10 maiores do mundo!

A última edição do programa contou com a participação de outra startup acelerada por nós, a PriceSurvey.

Sobre o Startup Chile

É o maior programa de aceleração da América Latina e está entre os 10 maiores do mundo. Essa turma contará com 72 startups, além da AgroInteli, de 26 países diferentes.

As startups selecionadas receberão um aporte de 25 milhões de pesos para o crescimento do negócio, além da aceleração de 6 meses que contará com treino de pitch, reuniões, workshops e acesso a mentores, investidores, parceiros globais e estudantes.

As melhores startups poderão contar com uma extensão do período de aceleração e um aporte extra de 25 milhões de pesos.

As indústrias mais representadas do batch, que terá início no dia 17 de Julho, estão em 26% de TI e Software, 14% em Saúde e Biotecnologia e 11% em Educação e Cultura.

 

Sobre as Startups

PriceSurvey: Empresa de Data Mining do setor de varejo que oferece informações seguras e rastreáveis de preços de produtos, promoções e localização e posicionamento de gôndolas, tudo em tempo real.

Os empreendedores de Minas Gerais contam que a participação no Startup Chile permitiu o amadurecimento da empresa, tal como possibilitou a transformação da Price Survey em uma multinacional.

AgroInteli: AgTech do Mato Grosso do Sul, a solução de IOT relaciona dados meteorológicos a uma aplicação baseada em computação em nuvem e Big Data para gerar informações e recomendações para a agricultura de precisão inteligente.

Os empreendedores esperam se internacionalizar e amadurecer ainda mais a solução com essa oportunidade. Renato Borges, CEO da AgroInteli conta que “O Chile é o terceiro maior pais da América Latina do setor do agronegócio. Com a aceleração do Startup Chile, faz muito sentido abrirmos mercado por lá e assim internacionalizarmos a nossa plataforma, pois o mesmo esforço que monitoramos uma fazenda no interior do Mato Grosso é o mesmo esforço de monitorar uma fazenda no Chile, EUA, Austrália, etc”

 

Mais informações podem ser obtidas no site do Startup Chile.

Desafio FAHOR-VENTIUR

Atenção empreendedores da AgTECH!

Em parceira com a FAHOR – Faculdade de Horizontina, lançamos ontem um desafio para startups com soluções voltadas para o AgTECH, com o tema Soluções Inovadoras para Pequenas Propriedades Rurais.

As startups premiadas receberão:
1º lugar: passaporte para o Warmup da VENTIUR (programa de pré-aceleração) + incubação no Horizonte Ambiente Empreendedor
2º lugar: programa de Mentorias da VENTIUR + incubação no Horizonte Ambiente Empreendedor

obs: O Warmup seleciona as startups finalistas para o PitchDay, evento que reune investidores da VENTIUR, que escolhem as startups que serão aceleradas e receberão investimento.

O desafio acontecerá nos dias 7 e 8 de junho e o vencedor será anunciado já no dia 8. Além disso, entre os dias 5 e 7 junho, ocorrerão palestras, visitas técnicas e oficinas para preparar os empreendedores para o desafio e aquecer os motores.

Cronograma (Sugestão de Trilha)
05/06 – Quarta-feira
   19:30
         – O Agronegócio Brasileiro, Potencial e Desafios com Paulo Herrmann
   21:15
         – Desafios da Gestão no Meio Rural com Marjori Ghellar
06/06 – Quinta-feira
   19:15
         – Agronegócio, Tecnologia, Inovação e Educação com Luiz Eduardo Lima Ramos
         – Empreender e Negociar com Angellica Noguez
   21:15
         – Painel: Inovação no Agro: O caso das startups “Campo +”, “Delivery Farm” e “Bioln”
         – Inovação Tecnológica e Ambiental em Processos e Equipamentos para Armazenagem de Grãos, com Claudio Daniel Boldt de Bairros
         – Reaproveitamentos de biomassas, com Isaac dos Santos Nunes
07/06 – Sexta-feira
   19:15
         – Excelência no desenvolvimento de produtos para o segmento de máquinas agrícolas, com Leonardo Nabaes Romano
         – É possível aprender a ser empreendedor? com Nadia Czeraniuk de Schaefer
   21:15 – Largada do Desafio
         – Sistemas híbridos de geração de energia renovável: energia fotovoltaica e biogás, com Odorico Konrad – Professor
         – Do tradicional ao Digital: como um robô pode ajudar no planejamento tributário rural, com Guilherme Anderson Sturm
08/06 – Sábado
   08:00
         – Oficinas (Canvas, Pitch…)
         – Mentorias

Para participar:
Sua equipe deve ter pelo menos 3 membros e no máximo 5, não é necessário ser aluno da FAHOR, mas ajuda para acesso ao laboratório.

Mais informações e inscrição, aqui.

Não perca essa oportunidade de ser pré-selecionado para a aceleração da VENTIUR! Corre, as inscrições vão até o dia 4 de junho.